segunda-feira, 21 de julho de 2008

Presidente sonha com a Liga dos Campeões

Sem dúvida das melhores (talvez a melhor) apresentação do plantel maritimista, com muitos adeptos, música e até uma peladinha entre Marítimo e...Marítimo.
Os jogadores, foram chamados um a um, e o público brindava com palmas e com sorrisos à espera da tal surpresa que o Senhor Presidente prometera uns dias antes...
Certo é que depois da apresentação dos jogadores, Carlos Pereira iniciou o habitual discurso de início de temporada, ouviram-se alguns assobios porque afinal, não havia surpresa (pelo menos no dia da apresentação), algo que enervou muitos dos adeptos que se deslocaram a São Vicente.
Durante o discurso, o Presidente agradeceu aos Vicentinos a forma como o plantel foi recebido na costa norte da ilha, afirmando que "O Marítimo não é só do Funchal, mas também de São Vicente, e do resto da ilha..." .
Para espanto meu, e de muitas pessoas (do público em geral), o Presidente disse que sonhava com a Liga dos Campeões! Não será um exagero? Não será uma ilusão?
Para mim é um erro enorme, o Presidente desvendar o seu segredo pois é mau para os jogadores, e para os adeptos que esperam por esse dia que pode não chegar... e se não chegar pode originar contestação em torno da direcção...
Outra questão que se coloca, pode ser: será que o Marítimo terá dinheiro para investir em jogadores que formem um equipa suficientemente sólida para atingirmos esse patamar (Liga dos Campeões)? É certo que chegaram reforços de qualidade, mas no ano passado não conseguimos segurar os melhores do plantel...
Senhor Presidente não era melhor estar calado?


Saudações Verde-Rubras

1 comentário:

João Mendes disse...

Eu sou de acordo em formar equipas cada vez mais competitivas e com fortes aspirações de vencer. Mas para que isso possa acontecer de uma forma segura é criar as condições para tal... com uma estrutura forte!
Novo treinador, novos jogadores... e preciso tempo para construir uma equipa forte e competitiva para chegar à liga dos campeões...enquanto o maritimo ser um clube dependente de fundos do estado madeirense será dificil que isso aconteça. O Maritimo necessita de mais experiencia a nivel europeu para competir, como a nivel do seu dirigente máximo para aburdar para já tal questão...Liga dos Campeões.