sábado, 29 de março de 2008

Em termos individuais...

Marcos, quase intransponível
Não se podia pedir mais ao guardião do Marítimo. Negou o golo aos vimaranenses em diversas ocasiões, destacando-se as defesas a remate de Ghilas aos 42 minutos e a tentativa de Fajardo aos 73. Foi obrigado a sair da baliza várias vezes e agarrou sempre a bola com muita segurança. Não teve qualquer culpa no golo do V. Guimarães.

Fábio Felício, até não poder mais
Foi ele que desencravou um meio-campo muito povoado, principalmente na primeira metade. Nesse período, teve a melhor oportunidade do Marítimo a passe de Marcinho (decorriam 33 minutos da partida), mas o remate saiu ao lado. Ainda teve forças para ajudar a defesa, como no corte oportuno a jogada de perigo de Ghilas aos 49 minutos. Saiu aos 75 para dar o lugar a Djalma, quando o cansaço já era demasiado.

Mossoró, a qualidade do costume
Como já é habitual, foi dos melhores do Marítimo. Preencheu vários espaços, trocando regularmente com Marcinho. Quase todas as jogadas da equipa de Sebastião Lazaroni passaram pelos seus pés. Teve uma grande oportunidade aos 78 minutos, cabeceando sozinho a cruzamento de Fábio Felício, mas falhou por pouco.

Vitória 1 Marítimo 0


O Marítimo saiu derrotado da dura "batalha" de Guimarães. Adivinhava-se um bom jogo, com duas boas equipas. Na primeira parte houve muitas perdas de bola tanto da parte dos vimaranenses como da parte dos maritimistas.
A turma de Guimarães, assustou por duas vezes os madeirenses, enquanto que o Marítimo só fez um remate a baliza de Nilson, isto no primeiro tempo. O Vitória, foi sempre uma equipa com mais bola, e que sempre tentou explorar o meio campo verde-rubro em ataques rápidos, característica natural da forma de jogar dos minhotos. O Marítimo, teve alguma dificuldade em travar os ataques rápidos do adversário, mas conseguiu "safar-se" bem. Na segunda metade o Marítimo, tenta sair mais para o ataque, com mais qualidade e objectividade, obtendo algumas situações. Os verde-rubros falharam muito naquilo que toca ao "último passe", não encontrando muitas formas para finalizar.
Mais uma vez, o Marítimo sai algo prejudicado pela arbitragem, quando o árbitro da partida, mostra a cartolina amarela a Fábio Felício, quando este desarma o adversário, tocando apenas na bola e noutro lance em que o defesa central vimaranense empurra Marcinho antes da área, considerando o juiz este último lance simulação do maritimista. Neste último lance Marcinho foi "premiado" com o cartão amarelo, quando deveria ter sido marcado livre a favor dos madeirenses e exibição do cartão amarelo ao defesa do Vitória.
Com esta derrota, a carruagem da Europa está cada vez mais longe...

sexta-feira, 28 de março de 2008

Etapa crucial...


Hoje em Guimarães o Marítimo joga uma cartada decisiva para "agarrar" um lugar que dê acesso à Europa.
O Vitória, é claramente favorito para este jogo, não só por jogar em casa, mas também pela época que está a realizar. Mas os favoritos nem sempre ganham os jogos...
O Marítimo tem uma boa equipa, capaz de anular os pontos fortes dos vimaranenses...e assim esperamos que aconteça.
Acrescentamos ainda que o jogo inicia-se às 20h30, sendo transmitido na Sport TV...


CARREGA MARÍTIMO!

segunda-feira, 24 de março de 2008

Jogo do titulo...

Os Ultras Templários, fazem um apelo a todos os ultras/adeptos maritimistas, para comparecerem no pavilhão do Complexo Desportivo do Marítimo em Santo António, sábado no jogo do titulo, em que o Marítimo poderá sagrar-se campeão regional de futsal.

Para aceder ao apelo disponibilizamos o link:

http://ultrastemplarios.blogspot.com/2008/03/colaborem-pessoal.html

MARÍTIMO SEMPRE!!

Olberdam: " a equipa está concentrada em fazer um bom jogo"


O Marítimo trabalhou esta segunda-feira, com vista o jogo em Guimarães frente ao Vitória local.

Olberdam apresentou-se aos jornalistas e falou sobre o encontro com os vimaranenses, afirmando que "o Guimarães está entre as melhores equipas de Portugal". Para contrariar o favoritismo dos minhotos, Olberdam quer "entrar em campo para ganhar" e para isso promete "dar o litro" pelo Marítimo.

O brasileiro garante que a equipa está "concentrada em fazer um bom jogo".

quinta-feira, 20 de março de 2008

Liga suspende presidente do Marítimo


A Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional decidiu esta quinta-feira punir o presidente do Marítimo, Carlos Pereira, por «injúrias e ofensas» à equipa de arbitragem no jogo com o Sporting de Braga.
Carlos Pereira foi suspenso por 15 dias e multado por 500 euros por palavras «proferidas e publicadas em vários órgãos da imprensa» e também no site oficial do Marítimo.

Marítimo pede adiamento da partida da V eliminatória da Taça da Madeira


O Marítimo irá defrontar a formação do Portossantense na V eliminatória da Taça da Madeira, pois a equipa do Porto Santo venceu o Câmara de Lobos por 2-0. Assim, repete-se como na edição anterior do torneio, com o Marítimo a deslocar-se à Ilha Dourada para defrontar o Portossantense, onde venceu por 4-0 a 17 de Abril do ano transacto.
Este jogo ficou marcado para 26 de Março, mas o Marítimo dois dias depois jogará para a Bwin Liga em Guimarães (a 28 de Março), por isso o Marítimo pediu o adiamento do jogo da V eliminatória da Taça da Madeira para 16 de Abril.

quarta-feira, 19 de março de 2008

Belos Tempos

Aproveitamos a paragem no Campeonato para recordar uma das memoráveis participações do nosso Marítimo em provas europeias...mais concretamente o Marítimo 1 Leeds United 0 da época 98/99.
Jogo espectacular, muito apoio, muita emoção, Caldeirão bem composto, enfim...as imagens falam por si!
video

Boletim clínico

Bruno Fogaça clinicamente curado, integrou o treino sem limitações, podendo mesmo ser opção para o jogo em Guimarães contra o Vitória local.

Em trabalho de recuperação continuam:

Ricardo Esteves
- Encontra-se em tratamento e trabalho específico, devido a lesão muscular na coxa direita contraída durante o jogo com o Benfica.

Ediglê - Encontra-se em tratamento e trabalho específico devido a lesão muscular (micro-ruptura) na coxa esquerda.

Edder - Em tratamento e recuperação após a intervenção cirúrgica a que foi submetido devido a fractura do quinto metatarso do pé direito.

André Pinto - Encontra-se em tratamento e trabalho específico, devido a micro-ruptura muscular no gémeo interno da perna direita.

Marcelo - Em tratamento e recuperação após a intervenção cirúrgica a que foi submetido devido a fractura do maléolo externo da perna direita.

terça-feira, 18 de março de 2008

Marítimo B entre os 6 melhores

Esta segunda-feira na Federação Portuguesa de Futebol, realizou-se o sorteio para a 2ª fase do Campeonato Nacional da II Divisão, onde o Marítimo B ficou apurado para o grupo dos seis melhores. Estas seis equipas, ( incluindo o Marítimo B) irão disputar o acesso à Liga Vitális, mas que como se sabe é algo que regularmente está vedado aos jovens maritimistas.
Aqui disponibilizamos o calendário do Marítimo B:

-Marítimo B x Oliveirense ( 30 de Março)
-Caniçal x Marítimo B ( 4 de Abril)
-Ribeira Brava x Marítimo B ( 13 de Abril)
-Marítimo B x Pontassolense ( 20 de Abril)
-Sporting Espinho x Marítimo B ( 27 de Abril)
-Oliveirense x Marítimo B (4 de Maio)
-Marítimo B x Caniçal ( 11 de Maio)
-Marítimo B x Ribeira Brava ( 17 de Maio)
- Pontassolense x Marítimo B ( 25 de Maio)
-Marítimo B x Sporting Espinho ( 1 de Junho)

segunda-feira, 17 de março de 2008

Marítimo 1 Benfica 1

O Marítimo entra neste jogo muito forte, ao ataque criando variadíssimas oportunidades para marcar. Não marcou, e sofreu no primeiro remate que o Benfica fez à baliza de Marcos. O Marítimo recuou no terreno, e o Benfica foi tomando conta do jogo. Na segunda parte o Marítimo tentou empurrar o Benfica mas sem sucesso, os encarnados mantiveram-se a jogar no meio campo maritimista. O Marítimo finalmente começou a construir boas jogadas, e a sair muito mais do seu meio campo e com mais qualidade. Ytalo entra no jogo substituindo Baba, que pouco fez durante a partida. O Jovem brasileiro entrou muito bem no jogo, onde fez o golo do empate...os maritimistas vibraram!
Faltou novamente um pouco de sorte, pois o Marítimo poderia ter saído deste jogo com os 3 pontos, visto que o Marítimo não foi inferior ao Benfica!

sábado, 15 de março de 2008

Todos aos Barreiros!

Marítimo e Benfica medem forças hoje pelas 19 horas no Estádio dos Barreiros. Um jogo de emoções, em que as duas equipas precisam de vencer. No caso do Marítimo, a esperança de chegar aos lugares que dão acesso à Taça UEFA, e o Benfica que também necessita de vencer para não deixar escapar o Vitória de Guimarães que se encontra provisoriamente no 2º lugar da Bwin Liga.
Por isso, TODOS AO CALDEIRÃO APOIAR O MARÍTIMO!

van der Linden vs Makukula


O central van der Linden, um dos imprescindíveis no onze de Lazaroni, também reconhece que não se adivinha fácil a recepção ao Benfica e em particular ao ex-companheiro de equipa. «O Makukula é um bom jogador, muito forte a corresponder a cruzamentos da direita ou da esquerda. Na minha opinião, é mais fácil de marcar quando não tem essas bolas, mas vamos ver domingo», considerou o defesa holandês, que igualmente estará atento ao internacional paraguaio: «São ambos fortes e para mim é indiferente. Em todos os jogos temos de anular os adversários, sejam eles quais forem.»

Com Ediglê lesionado, van der Linden deverá ter a seu lado Gregory: «Ele tem feito jogos muito bons e temos muita confiança nele.»

«É importante neutralizar Rui Costa», alerta Lazaroni


Sebastião Lazaroni não tem problemas em admitir que Rui Costa é a principal preocupação do Marítimo. Para o treinador brasileiro, o organizador do Benfica será, sem hesitações, alvo de especial cuidado nos Barreiros, quando este domingo as duas equipas se defrontarem em jogo a contar para a 23ª jornada.

«É importante neutralizar Rui Costa. Também temos de ter atenção ao Rodriguez e ao Binya, que está mais fresco. Vai ser necessária muita luta e concentração», perspectivou o técnico dos maritimistas, este sábado, na conferência de antevisão do encontro de amanhã.

«O Benfica é uma das grandes equipas de Portugal e da Europa, com muitos jogadores de talento e outros internacionais. Não vivem uma boa época, pois já vão no terceiro treinador, mas sabemos que vamos ter muitas dificuldades pela frente. Tudo vai depender da nossa estratégia e da forma como entrarmos em campo», alertou Lazaroni.

quinta-feira, 13 de março de 2008

Todos ao Caldeirão apoiar o MARÍTIMO!


Ambição, confiança e garra. Muita garra. Este é o pedido de Sebastião Lazaroni para os jogadores, tendo em vista a partida frente ao Benfica. Mesmo contando com o jogo dos encarnados na Taça UEFA, com o Getafe, o treinador do Marítimo acredita que o cansaço será um grande obstáculo para o adversário. O técnico está confiante quando afirma que "os adeptos podem esperar um Marítimo aguerrido".
Lazaroni deixa mensagem aos adeptos: " Apoiam quem tem amor pelo clube e isso é que é importante para os jogadores. "

Venham todos apoiar o Marítimo ao Estádio dos Barreiros, este domingo às 19horas!

quarta-feira, 12 de março de 2008

Makukula volta ao Caldeirão


Este domingo, Makukula vai sentir o «caldeirão« que o idolatrou no lado oposto. O avançado que se transferiu do Marítimo para o Benfica na reabertura do mercado vai reencontrar os seus antigos companheiros e um técnico que o fez «renascer».
Lazaroni abordou hoje após a partida da Taça da Madeira, o embate com o Benfica e o facto de ter de defrontar Makukula.

«O Makukula foi um grande jogador aqui no Marítimo, um grande companheiro e será muito difícil jogar contra ele. É claro que teremos de ter atenção em relação a si», começou por afirmar em relação a este reencontro.

Sobre o Benfica, o técnico teceu grandes elogios: «Vamos defrontar uma das grandes equipas portuguesas e da Europa que conta com internacionais de vários países. Vai ser um jogo muito difícil, competitivo, mas tudo vamos fazer para o vencer».

Ricardo Esteves acredita numa vitória verde e rubra


Jogar no Estádio dos Barreiros perante o seu público parece ter voltado a ser complicado para os pupilos de Lazaroni. O Marítimo em casa já perdeu por quatro vezes e sofreu dois empates. Este facto tem atrasado a corrida para a Europa, pois fora de portas, os verde-rubros até tem conseguido recuperar.

Ricardo Esteves, um dos indiscutíveis de Lazaroni admitiu que « tem havido algumas dificuldades quando actuamos em casa. Mas jogar nos Barreiros não é nenhum fantasma. Fora temos conseguido colmatar alguma perda de pontos mas agora só pensamos em vencer e jogar bem frente ao Benfica».

O facto de o público maritimista demonstrar já alguma contestação face ao que a sua equipa vem jogando, este jogador acha normal: «Os adeptos querem é ver a sua equipa a ganhar. Quando isso não acontece, é normal que não estejam contentes. É assim em qualquer equipa».

Marítimo 2 Caniçal 1

Numa partida muito «amarelada», já que Elmano Santos mostrou onze cartões amarelos e ainda «poupou» alguns através do diálogo, o Marítimo garantiu a continuidade em prova na Taça da Madeira (4ª eliminatória) ao receber e vencer o Caniçal por 2-1.
Baba abriu ao activo logo aos oito minutos, aproveitando um «brinde» do guarda-redes Nelson. Mas equipa visitante chegou à igualdade aos vinte minutos por Paulinho num cabeceamento que Briguel ainda tentou salvar sobre a linha.

Baba ao marcar este golo mostrou a Lazaroni (viu a primeira parte na bancada junto de alguns jogadores, indo para o banco no segundo tempo) que pode contar este atacante para defrontar o Benfica como titular face às ausências de Kanú, Fogaça e André Pinto.

Anderson de grande penalidade (58 minutos), após uma mão de Alexandre na grande área, deu a vitória aos maritimistas que são os actuais detentores do troféu.

Hoje há Taça


Hoje há Taça da Madeira, 4ª eliminatória, o Marítimo defronta o Caniçal pelas 16horas no Campo da Imaculada Conceição, no Complexo Desportivo do Marítimo em Santo António.

segunda-feira, 10 de março de 2008

Fogaça poderá estar recuperado para jogo com o Benfica


Bruno Fogaça, poderá defrontar o Benfica, o avançado brasileiro diz sentir-se bem, e que com os treinos vai melhorar a condição física. Sobre o facto do Benfica ter ficado sem o seu treinador, Fogaça admite que é "complicado", e que o Marítimo terá de tirar partido dessa situação.

sexta-feira, 7 de março de 2008

"não tenho, no Marítimo, um jogador que ganhe tanto como o Pitbull"

Sebastião Lazaroni (Flash Interview à Sport TV): «É difícil, de onde eu estava, ver o lance de grande penalidade. Mas penso que o Marítimo fez um bom jogo, o V. Setúbal só teve uma oportunidade na primeira parte, quando o Pitbull atirou à trave. Nós tivemos várias oportunidades, mas infelizmente aconteceu a grande penalidade, algo que eu previa que mudasse o jogo. Foi um detalhe a decidir o resultado. O V. Setúbal? Só posso dizer que não tenho, no Marítimo, um jogador que ganhe tanto como o Pitbull aqui no Setúbal. Isso diz bem da diferença.»

V.Setúbal 1 Marítimo 0


O Marítimo foi derrotado ainda à pouco pelo Vitória de Setúbal por 1-0, jogo a contar para a 22ª jornada da Liga Bwin. Um balde de água fria para o Marítimo, traído por uma grande penalidade cometida por Bruno, quando o Marítimo estava a dominar o jogo no Bonfim.
Foi um jogo em que o empate não ficava mal, tendo em conta o que foi produzido durante os 90 minutos pelas duas equipas. O Vitória, conseguiu ainda criar algum perigo para a baliza de Marcos através de Pitbull e Bruno Gama, que foram os mais influentes no ataque sadino. O Marítimo, também não ficou atrás, com alguns lances perigosos para o Vitória.
Destaque ainda, para um lance em que o árbitro assinalou fora de jogo inexistente a Djalma, caso não fosse assinalado Djalma ficaria isolado, com uma excelente oportunidade para marcar.

Já são conhecidos os 11 eleitos por Sebastião Lazaroni

Vitória de Setúbal e Marítimo medem forças daqui a pouco no Estádio do Bonfim, em Setúbal. As equipas já aquecem no relvado, tanto os 11 titulares como os suplentes, derivado ao muito frio sentido em Setúbal.
O Marítimo vai alinhar com: Marcos, Ricardo Esteves, Ediglê, van der Linden, Evaldo, Bruno, Olberdam, Marcio Mossoró, Kanu, Fábio Felício e Djalma.

quinta-feira, 6 de março de 2008

Lazaroni: " Um jogo dificil!"


Sebastião Lazaroni acredita que o Marítimo não vai ter tarefa fácil no Bonfim, amanhã, no encontro que abre a 22.ª jornada da Liga, perspectivando, por isso, "um jogo difícil".

O técnico classificou o Vitória de Setúbal como uma equipa "boa" e que "joga bem agrupada e que pouco se expõe”. Por esta razão, Lazaroni entende que os seus pupilos terão de mostrar uma postura “adulta, inteligente e segura”.

“Temos que buscar dentro do campo a qualidade e impôr as nossas ideias perante um adversário difícil mas que nós podemos vencer”, sublinhou o técnico

Uma alteração para o Bonfim


A saída do avançado brasileiro Anderson é a única alteração na lista de convocados do Marítimo para o jogo de sexta-feira com o V. Setúbal, no Estádio do Bonfim, que assinala o arranque da 22.ª jornada da Liga. Ricardo Esteves está recuperado e integra as opções de Sebastião Lazaroni, ao passo que André Pinto, Bruno Fogaça, Edder Perez e Marcelo Boeck são «baixas» por lesão.

Eis a lista de convocados:

Guarda-redes: Marcos e Bruno Grassi;

Defesas: Ricardo Esteves, Briguel, Ediglê, Van der Linden, Gregory e Evaldo;

Médios: Bruno, Olberdam, João Luíz, Marcinho, Djalma e Fábio Felício;

Avançados: Kanu, Márcio Mossoró, Adriano e Baba.

domingo, 2 de março de 2008

Marítimo 1 Estrela 1

O Marítimo empatou este domingo em casa com o E. Amadora (1-1), em jogo da 21ª jornada da BWIN Liga. Um resultado que pode comprometer o sexto lugar dos insulares se o Belenenses vencer em Paços de Ferreira esta segunda-feira. Era importante vencer, mas o Marítimo não conseguiu, demonstrando uma vez mais falta de eficácia. O Estrela, demonstrou o contrário, ou seja, um excelente nível de eficácia pois marcou no primeiro remate que fez à baliza de Marcos.
Ao minuto 42, as coisas pareciam ficar mais fáceis para o Marítimo, quando Mendonça agrediu Ricardo Esteves e viu o cartão vermelho, mas mesmo jogando contra 10, o Marítimo não conseguiu ganhar o jogo. O melhor que conseguiu, foi ganhar uma falta dentro da área dos estrelistas que Bruno converteu, empatando a partida.